Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

Que a atividade física vem ganhando destaque pela busca de condicionamento e para melhorar a saúde física e mental nós já sabemos. Mas uma prática que vem crescendo exponencialmente é o treinamento funcional em grupo, ou seja, uma modalidade feita para estimular o incentivo, a colaboração e a parceria.

O treinamento funcional é uma modalidade de exercício físico que condiciona o corpo através dos princípios do método, com os objetivos para que seus praticantes sejam capazes de realizar as múltiplas tarefas da vida diária com prazer e energia.

Mas, diante da correria da vida, muitas pessoas não conseguem iniciar sozinhas ou mesmo levar adiante a prática.

A proposta desse tipo de treino é a integração do sistema neuromuscular com padrões de movimento e não o trabalho de grupos musculares isoladamente, pois as atividades cotidianas e desportivas exigem ativação de diversos grupos musculares ao mesmo tempo.

O treinamento funcional é uma excelente ferramenta para melhorar a qualidade de vida, prevenir lesões e ainda aperfeiçoar o desempenho dos atletas – desenvolvendo a consciência e controle corporal, melhorando a coordenação motora, o equilíbrio muscular, a força e sendo ainda um ótimo aliado para a controlar o humor, qualidade do sono e o bem-estar.

__CONFIG_colors_palette __ {"active_palette": 0, "config": {"colors": {"62516": {"name": "Main Accent", "parent": - 1}}, "gradients": []}, " paletas ": [{" nome ":" Paleta padrão "," valor ": {" cores ": {" 62516 ": {" val ":" rgb (195, 29, 13) "," hsl ": {" h ": 5," s ": 0,875," l ": 0,4078}}}," gradientes ": []}}]} __ CONFIG_colors_palette__
SAIBA MAIS

A atividade pode ser realizada através de um programa de treinamento de forma individualizada, em pequenos ou grande grupos e a estratégia do professor para o planejamento de aula será diferente em cada um.

Então, diante das possibilidades que o método proporciona, realizar a prática de treinamento funcional em grupo pode ser uma ótima estratégia para quem busca condicionamento físico, além de saúde corporal e mental.

Vamos conhecer um pouco de como são essas aulas e suas vantagens diretas? Então confira o texto!

Diferenças entre o Treinamento Funcional em grupo, dupla e individual

O treinamento funcional em dupla é uma forma de ministrar a aula de maneira que ambos realizem os exercícios juntos ou ainda em forma de mini circuito: enquanto um está fazendo um determinado movimento, o outro está realizando outra atividade, que pode ser para o mesmo objetivo ou não. 

Geralmente em aulas que o professor nota alunos com níveis de condicionamento similares, é possível planejar para que ambos realizem os exercícios o tempo todo juntos.

Enquanto isso, o treinamento funcional em grupo é uma estratégia de aula coletiva e o planejamento vai depender dos objetivos do dia e como o professor realizará a estratégia de treino: em forma de circuito, em que cada aluno executa um determinado exercício e vão trocando de movimento até que os praticantes façam todos. 

Geralmente desta forma o professor estipula um determinado tempo e todos fazem a mesma atividade, de acordo com o número de séries e/ou repetições de cada ação proposta.

O treinamento funcional em grupo é uma estratégia muito eficiente para sair da rotina e aliviar a sobrecarga de trabalho do professor.

Já o trabalho de forma individual é interessante para aqueles que gostam de um treinamento mais individualizado, possuem limitações e que não possam ser inseridos em um grupo momentaneamente.

Vantagens do Treinamento Funcional em grupo

Melhor do que fazer uma aula de treinamento funcional em grupo, com um amigo ou alguém da família, são os benefícios que o aluno pode alcançar com o método. Mas você sabe quais são eles? Confira a seguir!

Mais incentivo

As aulas em grupo são mais dinâmicas e isso ajuda na produtividade e na motivação. Conhece aquele aluno que falta por qualquer motivo? Se ele estiver treinando com alguém, as chances de ser mais regular em suas aulas e, consequentemente, atingir seus objetivos mais rápido são maiores do que sua própria motivação.

Treinamento Funcional em grupo proporciona integração

Com a correria do dia a dia e o avanço tecnológico, as pessoas estão cada vez mais individualistas e introvertidas. Realizar aulas em grupo ou dupla é uma excelente oportunidade para conhecer outras pessoas, fazer amizades e isso fará com que o aluno se sinta acolhido, favorecendo a sua saúde mental.

O acolhimento e a aproximação em uma aula são fundamentais, como uma das estratégias para que os praticantes sintam vontade de realizar e retornar a cada aula de funcional. 

Incentivo a convidar outras pessoas

Quando o aluno se sente motivado e acolhido dentro de uma aula de funcional que ele escolheu para cuidar do seu corpo e mente, automaticamente ele será sua propaganda. 

Ou seja, alunos satisfeitos com as aulas = chances de trazer novos clientes para seu espaço!

Momento relaxante

Realizar aulas de treinamento funcional em grupo ou duplas traz sensação de pausa diante da vida corrida. 

Ele sente que é possível relaxar naquele momento em que está cuidando da saúde, ao mesmo tempo em que se diverte, se motiva e se desafia em todas essas sensações, melhorando diretamente o humor, a disposição e a autoestima.

Resultados mais rápidos 

Treinar em grupos ou dupla traz companheirismo, colaboração, equilíbrio e flexibilidade mental. Todos esses pontos fazem com que o aluno busque pelo seu caminho de forma mais tranquila e sem cobranças individuais.

5 Dicas para trabalhar corretamente o Treinamento Funcional em grupos

Dica 1: Faça uma triagem e monte grupos de forma homogênea

Se você trabalha somente com treinamento funcional, uma ótima dica é iniciar com uma triagem entre seus alunos através da avaliação física. Por esse método, é possível  observar as características e níveis de condicionamento de cada pessoa e, assim organizá-las em grupos com condicionamentos similares.

Isso facilitará a elaboração do planejamento e o grupo conseguirá evoluir de uma maneira segura e com resultados mais rápidos e satisfatórios.

Dica 2: Faça um planejamento das aulas de Treinamento Funcional em grupo

Uma sugestão para organizar melhor a distribuição das aulas durante a semana é planejar com antecedência. O treinamento funcional trabalha muitas habilidades e capacidades físicas, como coordenação motora, equilíbrio, resistência, força, flexibilidade, e por este motivo conseguimos programar a semana baseado em uma ou mais habilidades. 

Estruturando dessa forma, você consegue dividir melhor as aulas e ainda organiza quais acessórios e equipamentos é preciso utilizar. 

Se você trabalha em equipe, é interessante montar blocos de exercícios baseados no objetivo e na habilidade, pois assim todos irão seguir uma mesma linha.

Dica 3: Estude

Mantenha-se atualizado através de leituras de artigos científicos

A literatura científica traz o que tem de mais atual em relação aos tipos de treinamento e condicionamento físico, e quando nos baseamos na ciência, as chances de direcionar seu trabalho com mais segurança e credibilidade são maiores.

Realize Workshops e cursos nas áreas que possui maior afinidade

A importância em se manter atualizado com profissionais de referência torna-se necessário para que você inove suas aulas de funcional. Interessante desenvolver o raciocínio clínico e didático para a elaboração das aulas, entender o mecanismo da preparação esportiva e objetivos do aluno, respeitando cada individualidade.

Tenha discernimento na escolha dos exercícios baseado no conhecimento e aprofundamento de algumas particularidades.

Se você recebe mais alunos sedentários ou ainda trabalha com atletas, é importante manter-se atualizado nessas abordagens, mesmo conhecendo e sabendo atender outros objetivos.

Dica 4: Treine o comando verbal

Ter um ótimo comando verbal fará com que você consiga ministrar suas aulas de forma motivadora e dinâmica. Seja claro, objetivo, de comandos, incentive e corrija quando necessário.

Cada aluno tem uma forma de aprendizagem: Visual, auditiva e cinestésica. Por isso, o professor deve ter uma ótima didática e domínio em todos esses três processos para a condução de uma aula de treinamento funcional em grupo.

Dica 5: Inovação

As aulas em grupo são mais dinâmicas e isso ajuda na produtividade e inovação. Dessa forma, os exercícios podem ser realizados de diferentes maneiras, sendo um ponto favorável para a saúde física e mental dos praticantes, com vantagens que o treinamento individual talvez não se destaque tanto.

Sabe aquele aluno que sempre arranja uma desculpa para faltar? Se o professor sempre tiver uma “surpresa” no dia, por mais simples que seja, isso irá contribuir para que ele frequente regularmente as aulas, interagindo melhor com a turma e estabelecendo novos círculos de amizades.

Conclusão

Um dos fatores que faz com que o aluno retorne ou abandone as aulas de treinamento funcional em grupos, duplas ou individuais é a motivação. Estar em um ambiente acolhedor e gerando interação com toda a equipe é fundamental para a fidelização do cliente. 

Quando o aluno sente que não faz parte daquele círculo, a evasão é praticamente certa. Por outro lado, se ele estiver conectado com os colegas e o ambiente, o empenho e o comparecimento tendem a ser constantes.

Portanto, o professor é a peça fundamental para criar essa conexão. Esteja atento aos sinais e comportamentos e saiba agir na hora certa para trazer mais motivação, energia e um ambiente harmonioso. Com isso, ambos os lados só ganham.