Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

Seja para aulas em grupo, em dupla ou até mesmo individuais, é muito importante que o instrutor saiba criar um bom planejamento para o Treinamento Funcional.

Muitas vezes, durante esse processo, o professor pode sentir dificuldades e ficar com dúvidas do que é mais adequado, se é o momento certo de passar determinado exercício e até mesmo de como manter os seus alunos motivados a continuar com a atividade física.

Continue lendo este texto e confira as melhores dicas de como fazer um bom planejamento para o Treinamento Funcional.

Dicas

1. Avaliação individual do aluno

Com a avaliação individual do aluno, o instrutor conhecerá suas necessidades, limitações e até mesmo patologias. Esse passo é fundamental para que o aluno se mantenha em constante evolução, sempre motivado em realizar os exercícios e, por consequência, atingir novos objetivos.

2. Traçar objetivos

O que o aluno deve melhorar durante as aulas? Leve em consideração não só o que o próprio aluno quer, mas também aquilo que você, o instrutor dele, deseja para o treino.

__CONFIG_colors_palette __ {"active_palette": 0, "config": {"colors": {"62516": {"name": "Main Accent", "parent": - 1}}, "gradients": []}, " paletas ": [{" nome ":" Paleta padrão "," valor ": {" cores ": {" 62516 ": {" val ":" rgb (195, 29, 13) "," hsl ": {" h ": 5," s ": 0,875," l ": 0,4078}}}," gradientes ": []}}]} __ CONFIG_colors_palette__
SAIBA MAIS

3. Qual será a ordem dos exercícios

Dependendo do tipo de aula planejada, será possível notar se os exercícios iniciais serão menos avançados e qual será a evolução da intensidade à medida que o aluno alcançar as metas estabelecidas.

4. Aquecimento

Antes de iniciar os exercícios, lembre-se de realizar um bom aquecimento. Somente assim será possível evitar lesões e melhorar o rendimento do aluno, já que o corpo estará preparado para cada movimento.

5. Informe o aluno de sua evolução

A comunicação entre instrutor e aluno deve fazer parte do planejamento. Mantê-lo informado é mantê-lo motivado, principalmente porque, ao saber que está evoluindo e cumprindo cada um dos objetivos propostos, ele se sentirá capaz de alcançar novas metas.

Conclusão

Preparar uma aula de Treinamento Funcional perfeita é possível e pode ser um dos grandes diferenciais do instrutor, que poderá trabalhar com diferentes modelos de aulas e também diversos tipos de alunos.

É muito importante que o instrutor dedique um tempo de sua rotina para montar o planejamento, com cronogramas que levem em conta cada uma das dicas colocadas aqui.