Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

Já pensou em expandir sua academia de dança com uma modalidade que vem ganhando grande destaque no continente Europeu? O Movimento e Flow tem sido uma categoria diferenciada, mas que está chamando a atenção dos praticantes, especialmente por combinar exercícios que podem ser feitos em Boxes de CrossFit e até mesmo ao ar livre.

Em uma fase de pandemia, em que as pessoas buscam a realização de algum tipo de atividade física, principalmente para vivenciar uma nova experiência pessoal, a busca por diferentes modalidades que fogem da musculação tradicional é um fator que muitos profissionais da Educação Física vêm acompanhando nos últimos anos.

Por isso, a prática começou a se expandir em academias de todo o Brasil, especialmente por unir movimentos da yoga, da capoeira, além dos passos tradicionais de dança, o que, falando por si só, já é um grande aliado para o fim do sedentarismo e na busca por qualidade de vida.

Você já conhecia essa modalidade? Quer aprender uma nova técnica, se aprimorar na área e ainda aplicar o Movimento e Flow dentro da sua academia? Então continue a leitura!

O que é o Movimento e Flow?

A prática do Movimento e Flow consiste em expandir o equilíbrio, consciência corporal, força, além de desenvolver a coordenação motora, reduzir os níveis de estresse e trazer mais relaxamento ao corpo a partir de técnicas de dança, de acordo com Eden Carlos, professor e praticante da modalidade no Brasil.

Diferente dos exercícios em máquinas que, muitas vezes, são feitos com músculos isolados e considerados por muitas pessoas como chatos e monótonos, a prática do Movimento e Flow se torna mais natural, especialmente pela possibilidade de ser feita em grupo e estar mais próxima da vida diária.

__CONFIG_colors_palette __ {"active_palette": 0, "config": {"colors": {"62516": {"name": "Main Accent", "parent": - 1}}, "gradients": []}, "paletas": [{"nome": "Paleta padrão", "valor": {"núcleos": {"62516": {"val": "rgb (19, 114, 211)", "hsl": { "h": 210, "s": 0,83, "l": 0,45}}}, "gradientes": []}}]} __ CONFIG_colors_palette__
EU QUERO BAIXAR AGORA

Por utilizar o próprio corpo na condução dos movimentos, a praticidade é uma grande vantagem, já que os treinos não precisam de equipamentos específicos. Manter os pés descalços e roupas confortáveis são fatores fundamentais para ter maior liberdade nos movimentos.

Como surgiu o Movimento e Flow?

O treinador Paul Check, expert no estudo de alta performance e mecânica de movimentos corporais dos EUA, analisou que, por causa do sedentarismo, os tradicionais métodos de exercício não eram condizentes com o que nosso corpo necessitava para se manter em forma e saudável.

Diante desses fatores, as pesquisas de Check serviram de base para a criação do treinamento funcional que ganhou muito destaque nos anos 2000 e serviu de base para métodos como o CrossFit, e agora com o resgate de modalidades como a Ginástica Natural, Animal Flow e a Primal Workout.

Embora os nomes sejam diferentes e chamativos, o conceito dos exercícios se baseia nos mesmos princípios, já que vários profissionais e alunos têm se aproveitado dessa nova modalidade para aprimorar seus treinos e performance.

Por isso, sua prática regular possui benefícios na saúde corporal, como:

Conclusão

O conceito de Movimento e Flow é o resultado da prática de um dia de treino, com a soma de todos os movimentos praticados e que, se colocados em sequência, se torna uma coreografia, sendo muito confundido com dança contemporânea e movimentos da capoeira.

Para os profissionais de Educação Física que se interessam por dança, possuem academias do segmento e pretendem expandir seus negócios para atrair novos alunos, se aperfeiçoar na prática do Movimento e Flow pode ser uma ótima estratégia, já que a performance se torna encantadora para quem pratica e assiste. 

Ficou interessado por essa modalidade? Então confira as técnicas de Movimento e Flow no vídeo abaixo: