Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

A pandemia causada pelo Coronavírus trouxe diversas mudanças de rotina e comportamento para as pessoas de todas as faixas etárias. Porém, foram especialmente os jovens que, acostumados a um cotidiano mais intenso, sentiram dificuldades para se adaptar a este novo estilo de vida. Se antes era comum sair todos os dias para trabalhar, estudar ou mesmo ver os amigos, isso mudou na pandemia. No entanto, uma consequência que já era de se esperar, tornou-se uma preocupação maior à Organização Mundial de Saúde (OMS). Com essa nova rotina, doenças como a ansiedade e a depressão tiveram um aumento significativo entre os jovens. Além destas condições psíquicas, contamos também com um crescimento do sedentarismo, que nada mais é do que a falta ou ausência de atividades físicas. Portanto, pensando nisso, criamos aqui 7 dicas simples para ajudar você a criar uma nova rotina e não se deixar levar pelo sedentarismo. Leia nosso texto até o final e saiba como combater e evitar o sedentarismo na pandemia!

1.Tente permanecer menos tempo sentado

Se você já trabalha ou estuda o dia inteiro sentado, faça pausas ao longo do dia. Uma sugestão é você procurar regrar seus horários para ter tempo de fazer uma caminhada durante o seu intervalo, seja próximo de casa ou até mesmo dentro da sua residência.

Além disso, quando você for fazer alguma pausa durante o intervalo das aulas ou do trabalho, você também pode se alongar. Outra dica é, se seu trabalho envolver ligações telefônicas, por exemplo, você pode atendê-las de pé. Assim, essas pequenas mudanças podem fazer muita diferença no seu dia a dia e na manutenção da sua saúde física.

2. Troque o elevador pelas escadas

escada-evitar-o-sedentarismo

Pode parecer besteira, mas tente trocar o elevador ou a escada rolante que você utiliza todos os dias por escadas comuns. Além de ser um ótimo exercício e melhorar sua saúde, você também melhorará seu ânimo para continuar seu dia. 

Caso o andar seja muito elevado, tente percorrer no mínimo metade do caminho de escada e a outra metade do elevador. Assim, este pode ser um bom começo para evitar o sedentarismo.

3. Opte, sempre que possível, por trajetos a pé 

Se você tem o costume de usar algum tipo de transporte, como carro, ônibus ou aplicativos de transporte, tente mudar esse hábito aos poucos. Portanto, comece indo a lugares próximos a pé, para se acostumar com o trajeto. Mas, caso você tenha dificuldade ou não goste de caminhar, andar de bicicleta também é uma boa opção.

Mas, para quem está acostumado a usar o carro constantemente, para aderir a essa dica, no começo será um pouco complicado. Contudo, caminhar pode ser uma ótima maneira de começar a evitar o sedentarismo e combatê-lo, se você já se encontra nesta condição.

Confira alguns benefícios da caminhada:

  • ajuda a fortalecer os pulmões;
  • combate a osteoporose;
  • melhora sintomas de depressão e ansiedade;
  • aumenta a sensação de bem-estar;
  • diminui a sonolência;

4. Crie uma rotina de alimentação saudável

alimentação-saudável-combater-o-sedentarismo

Além dos exercícios, a alimentação é um dos pontos mais importantes na hora de driblar o sedentarismo. Saiba que comidas processadas são sempre mais fáceis e práticas, mas não são nada nutritivas. 

Então, isso também pode resultar na falta de disposição e bem-estar, pois a alimentação saudável é fundamental para o bom funcionamento do organismo e para nossa qualidade de vida.

Aqui surgem algumas dicas simples para você começar a se alimentar melhor:

  • evite fast food, tente consumir menos sal e açúcar;
  • beba 2 litros de água por dia, no mínimo;
  • reduza alimentos com conservantes;
  • controle o consumo de óleos vegetais e manteigas;
  • tente sempre variar o prato para mantê-lo o mais colorido possível com legumes e vegetais;
  • troque os lanches da tarde por frutas;

5. Tente realizar mais atividades domésticas

Ao invés de tirar o tempo livre para mexer nas redes sociais sem se mover muito, você pode tentar utilizar esse tempo para realizar atividades domésticas simples. Logo, essa estratégia também pode ser uma maneira de movimentar seu corpo.

6. Crie metas fáceis de atingir

Estabelecer metas difíceis de atingir pode gerar uma cobrança excessiva e resultar em frustração. Então, procure sempre respeitar seu tempo e seu corpo, para que isso não te desmotive. 

Portanto, a dica é começar aos poucos; crie pequenos objetivos a cada dia e busque manter as mudanças da sua rotina ao invés de focar apenas na quantidade de metas.

Manter-se regular é um ponto muito importante para evitar o sedentarismo. Você não precisa focar todo o seu tempo ou atenção às mudanças de comportamento ou exercícios físicos, basta realizá-los com frequência. 

7. Encontre o exercício físico certo para você

caminhada-para-evitar-o-sedentarismo

Praticar exercícios ou atividades físicas é a dica mais importante da nossa lista para te ajudar a evitar o sedentarismo ou combatê-lo.

Além da caminhada ou do foco na alimentação, o exercício deve estar interligado a todas essas mudanças para realmente ajudar seu corpo a ter mais disposição e fazer você se sentir melhor.

Praticar exercícios físicos ajuda na liberação da endorfina, um tipo de hormônio natural produzido pelo nosso corpo. Esse hormônio é responsável pela sensação de bem-estar e alegria e pode ajudar no combate a doenças psicológicas como a ansiedade e depressão.

Opções não tão comuns de praticar exercícios físicos

Porém, se você não consegue manter uma rotina de exercício em casa ou na academia, há várias opções não tão comuns que podem tornar a prática muito mais leve e divertida:

  • Bungee Jump: já pensou em sair da rotina para driblar o sedentarismo pulando de bungee jump? Pode ser uma alternativa totalmente diferente do comum e uma ótima forma de animar esse processo. Há indícios de que saltar de Bungee Jump pode até “afiar” as capacidades cognitivas.
  • Skate: além de ser um esporte mais radical, andar de skate traz diversos benefícios: melhora a coordenação motora e o equilíbrio, ajuda na flexibilidade do corpo, no ganho de condicionamento físico e aeróbico, aumenta a concentração e queima calorias. 
  • Salto de paraquedas: essa opção é para quem curte adrenalina e não quer ficar só nos esportes comuns. Se você quer sair do sedentarismo, que tal arriscar algo novo e inusitado? O contato com a natureza durante um salto de paraquedas pode trazer diversos benefícios para a saúde: reduz a ansiedade, melhora o humor e a autoconfiança. Além disso, esta prática ajuda a promover o relaxamento do corpo e auxilia na melhora do preparo físico.

Não deixe de priorizar sua saúde, comece hoje a colocar em prática atividades que tornem seu estilo de vida mais saudável.

Conclusão

Sendo assim, para combater ou evitar o sedentarismo, existem diversas alternativas que você pode, desde hoje, inserir na sua rotina. Realizar pequenas caminhadas ao longo do dia e melhorar sua alimentação são algumas destas sugestões. A única maneira de ter uma mente sã e preparada para enfrentar os desafios da pandemia, é manter um corpo saudável. Cuidar da sua saúde física é mais fácil do que parece!