Share, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Posted in:

Planejamento da Educação Física Para a Qualidade da Aula

O plano de aula no ensino teórico é crucial para que o professor consiga realizar uma transformação mais próxima da realidade ao tratar-se da prática. Isso pois há uma questão relacionada ao interesse e a complexidade da ação ser desenvolvida. O principal objetivo do planejamento é administrar e sistematizar como será conduzido os métodos de ensino, as ações e os objetivos – tanto do professor quanto da escola.

Além disso, o professor deve saber conduzir a aula, sendo flexível ao ponto de mudar o plano da aula ao perceber que a matéria não está sendo transmitida corretamente. Os recursos utilizados pelo professor como exemplos, brincadeiras podem ser positivos para o aprendizado do aluno.

Exercícios e tarefas são fundamentais para que possa haver a fixação da matéria. Desse modo, o professor pode avançar com uma matéria nova e utilizar a matéria antiga como suporte. As ações devem ser feitas das mais simples até as mais complexas, na tentativa de transformar e melhorar suas vidas ou as das pessoas que as rodeiam.

Ainda que haja um plano para as aulas, o ensino que será passado durante as aulas pode influenciar positivamente ou negativamente fora do contexto escolar. Por isso, é importante que o professor instigue o aluno a tirar suas dúvidas durante a aula.

Quando falamos em metodologia de ensino, temos que ter em vista essas três funções: objetividade, coerência e flexibilidade.

Objetividade: O plano deve obter um objetivo possível de acordo com as possibilidades de ensino, materiais escolares e na vontade de aprender dos alunos. Pode haver alguma limitação em relação ao ensino, porém, é necessário que todos compreendam o ensino segundo o contexto real.

Coerência: Para ter um resultado positivo, o professor deve ser coerente nos métodos e nas avaliações. O ensino deve obter e seguir a mesma linha de raciocínio de tal modo que consiga desenvolver os trabalhos propostos.

Flexibilidade: Ainda que haja o mesmo plano de ensino, o professor pode utilizar diferentes articulações para se chegar ao mesmo lugar. Por isso é necessário que haja a flexibilidade nos métodos.

Quando você, professor de Educação Física, está qualificado, formado, atualizado e pronto para ministrar suas aulas, seja na área escolar, fitness, condicionamento físico ou readaptação ao meio, como se organiza para ministrá-las? Qual a importância que você vê em sentar, estudar cada caso para saber qual e como exercício aplicar no seu aluno? Você acha que com uma aula preparada antecipadamente, você terá mais segurança em ensinar seu aluno e ele mais confiança em seu professor?

Se suas respostas foram sim em todas as questões, leia mais sobre esse assunto!

JÁ PENSOU EM SER UM INSTRUTOR DE PILATES?

Baixe esse ebook 100% completo sobre tudo o que você precisa saber para seguir essa carreira!

Esse texto tem o intuito de abordar questões de que um planejamento de aulas pode melhorar o processo ensino – aprendizagem, ajudar na didática do professor e ser um elemento facilitador na aula.

A Educação Física e seu código de Ética

Estudante de Educação Física

Segundo o Código de Ética, encontrado no site do Cref/SP, A Educação Física afirma-se, segundo as mais atualizadas pesquisas científicas, como atividade imprescindível à promoção e à preservação da saúde e à conquista de uma boa qualidade de vida.

Ao se regulamentar a Educação Física como atividade profissional, foi identificada, simultaneamente à importância de conhecimento técnico e científico especializado, a necessidade do desenvolvimento de competência específica para sua aplicação, que possibilite estender a toda a sociedade os valores e os benefícios advindos da sua prática.

Assim, o ideal da profissão define-se pela prestação de um atendimento melhor e mais qualificado a um número cada vez maior de pessoas, tendo como referência um conjunto de princípios, normas e valores éticos livremente assumidos, individual e coletivamente, pelos Profissionais de Educação Física.

Resumindo, falando sobre os Princípios e Diretrizes:

VII – a prestação, sempre, do melhor serviço a um número cada vez maior de pessoas, com competência, responsabilidade e honestidade;

E ainda, das Responsabilidades e Deveres:

III – assegurar a seus beneficiários um serviço profissional seguro, competente e atualizado, prestado com o máximo de seu conhecimento, habilidade e experiência;
IV – elaborar o programa de atividades do beneficiário em função de suas condições gerais de saúde;
V – oferecer a seu beneficiário, de preferência por escrito, uma orientação segura sobre a execução das atividades e dos exercícios recomendados;
VI – manter o beneficiário informado sobre eventuais circunstâncias adversas que possam influenciar o desenvolvimento do trabalho que lhe será prestado;

É nosso dever termos esses itens muito bem claros, pois nos será depositado toda confiança. E temos que ter a convicção de que a saúde das pessoas estará em nossas mãos.

O planejamento deve ser feito sim e com antecedência, pois ser houver algo a ser melhorado, o responsável por analisá-lo terá tempo de dar sugestão ao professor para que sua aula seja mais bem aproveitada, mas para que isso funcione a escola deve colaborar com os professores fazendo reuniões, promovendo encontros pedagógicos, assim, cada um poderá mostrar suas dificuldades e dar sugestões para o planejamento.

Importância do Planejamento Físico

O planejamento é considerado uma peça chave para o alcance de qualquer objetivo profissional. Ele é responsável por nortear a realização de suas atividades, bem como de suas ações, sendo imprescindível na carreira de um professor.

Professores de Educação Física que se comprometem a fazer o planejamento de aula possuem mais chances de obter êxito no processo de aprendizagem dos seus alunos, de modo que sejam evitadas aulas monótonas, desestimulantes e desorganizadas.

Para facilitar seu planejamento, podemos pensar nos seguintes tópicos:

  • Escolha de um tema: defina qual capacidade física você quer abordar na semana, na quinzena, ou no mês.
  • Publico alvo: caso trabalhe com grupos heterogêneos, separe exercícios para cada faixa etária, doenças pré- existentes, lesões e restrições de movimento.
  • Metodologia a ser aplicada: qual melhor forma de ensinar seu aluno a executar determinado exercício. Pode ser verbal, visual ou tátil.

A Didática é o principal ramo de estudo da Pedagogia. Ela investiga os fundamentos, as condições e os modos de realização da instrução e do ensino.

  • Periodização: cabe-se mais em atividades individuais, como a musculação, trabalhando as especificidades como intensidade, volume, frequência semanal.
  • Objetivo a ser alcançado: Feito uma anamnese prévia, você saberá o porquê do aluno estar na academia, e quais seus objetivos.

Alem de contar com atividades inesperadas. Temos que ter um plano B, apresentar flexibilidade para contemplar situações que ocorrem durante a aula. Planejar é preciso para poder conseguir as transformações necessárias para uma educação de qualidade.

Nesse processo, o educando vai adquirindo conhecimentos e experiências e o educador buscando cada vez mais ter uma visão maior de conhecimento, para assim somar muito mais com a aprendizagem de seus alunos.

Perspectivas e os Benefícios para o Aluno

Lealdade do Consumidor

Como citamos no item acima, o educador – professor, que faz um planejamento de aula, vai buscar ter cada vez mais conhecimento e ganhar mais experiências, estudando e se atualizando no mercado. É lógico que o aluno só tem a ganhar!

Um ponto que vale a pena ressaltar é colocar em prática o que ouvimos e lemos na teoria. Não trabalhamos com receitas de bolo, equações matemáticas, onde simplesmente executamos o que lemos. Portanto, quando planejamos as aulas, estudamos e nos atualizamos mais. Essa experiência nos faz observar o quanto na prática aquele exercício, sequencia pedagógica e até mesmo uma simples instrução deu certo ou precisamos recorrer ao plano B.

O aluno é muito observador, avaliador e exigente. Na academia, nas aulas particulares e também de Pilates, o professor fica em processo de avaliação o tempo todo.

Mas isso tem que ser encarado como um benefício alias a saúde dele está em suas mãos.

Mas ele sabe dos benefícios que vai receber quando está num bom profissional:

  • qualidade na aula;
  • variedade de exercícios
  • atualização do mercado;
  • evolução na execução do movimento e coordenação;
  • um bom acompanhamento e orientação dentro da sala de aula;
  • atingir seus objetivos de forma segura e eficaz;

Portanto sabemos que quando o indivíduo escolher a sua academia, já não se iluda se ela for bonitinha ou tiver o preço muito convidativo, será criterioso. Saber as informações sobre a formação de cada profissional e sua competência está na sua listinha também.

Cuidados Especiais

Todo planejamento requer cuidados especiais. Com o mercado cada vez mais se atualizando em novidades e treinos, o profissional tem que estudar e se especializar sempre. Mas um “erro” frequente são os professores “copiando” totalmente e “estudando” somente pelos vídeos da Internet.

Saem professores de Ginástica Funcional, Hidroginástica, Pilates, Musculação e até Yoga.

Tem muitos recursos positivos na Internet, mas não são formadores para determinada área.

Voltando ao Código de Ética, um dos doze norteadores que fixa qual a forma que deve seguir o Profissional de Educação Física:

IV – A referência básica deste Código de Ética, em termos de operacionalização, é a necessidade em se caracterizar o Profissional de Educação Física diante das diretrizes de direitos e deveres estabelecidos normativamente pelo Sistema CONFEF/Cris. Tal Sistema deve visar assegurar por definição: qualidade, competência e atualização técnica, científica e moral dos Profissionais nele incluídos através de inscrição legal e competente registro;

Todos profissionais deveriam ler esse item quando resolvem ter formações por vídeos da Internet. As desculpas são: os cursos são caros, não tenho tempo para aulas presenciais, entre outros.

Ao tratarmos a saúde do outro, torna-se inadmissível o comportamento de não estudar da maneira correta para auxiliar os alunos.

Futuro do tema

A ideia desse tema é com que o planejamento torne-se um hábito na sua vida e cada vez vai ficar mais fácil organizar e ministrar suas aulas.

Mas, lembre-se de que eventuais desafios e imprevistos podem surgir. Se algo não sair como o planejado, não se desespere: trata-se de apenas mais uma dificuldade a ser enfrentada. Assim, procure estratégias para lidar com os problemas, colocando a ética, os objetivos, os valores e a cultura da empresa como norteadores das suas ações.

Tenha sempre um plano B preparado. Mas isso nem será necessário. Os estudos frequentes te darão toda a confiança, convicção e segurança possível.

Conclusão

Evolução do Planejamento

Estude sempre. Na área da Educação Física é necessário se atualizar sempre. É de nossa responsabilidade lidar com a saúde física dos nossos alunos. Por isso, traçar um planejamento para as suas aulas será o diferencial para passar toda a segurança ao aluno, enriquecer suas aulas com dinamismo e também com exercícios coerentes

Além de aprimorar a sua didática, com uma boa sequencia pedagógica com o uso dos seguintes meios: explicações verbais, demonstrações e decomposições dos exercícios.

Busque atuar com excelência no mercado. A concorrência é grande.

Seja um profissional consciente, ético e bem preparado.

Leia também:
Os Pilares da Avaliação Física: Avaliar, Analisar e Prescrever
Saiba Tudo Sobre as Atividades no Desenvolvimento Motor
Treinamento Funcional: Aprenda Tudo Sobre Esta Modalidade

REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS
http://www.crefsp.gov.br/acesso-a-informacao/institucional/codigo-de-etica/

Written by Carol Bertolini

Carol Bertolini

- Formada em Educação Fisica pela FMU em 2002 CREF: 021184/G - SP
- Pós-graduada em Fisiologia do Exercício pela UNIFESP em 2007
- Certificação Internacional pela Stott Pilates em 2011
- Certificação Internacional pela Stott Pilates em Total Barre (Pilates com ballet) em 2015
- Curso de gestante e pós-parto com a Gizele Monteiro

2 posts

1 Comentário

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *