Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

Apostar em técnicas de relaxamento e descanso do corpo após se exercitar é essencial para o rendimento dos alunos e recuperação muscular, especialmente para quem treina mais pesado.

Afinal, é durante essa pausa que o corpo trabalha para restaurar os níveis de desempenho.

Além disso, os músculos precisam de um tempo para se recuperar do desgaste sofrido durante o exercício. Quanto mais rápida for essa recuperação, mais eficaz serão os próximos treinos.

Então, veja o que o praticante de atividade física pode fazer para ter uma rotina de treino e descanso mais equilibrada e quais são os benefícios da recuperação muscular pós-atividade. 

Por que o corpo precisa descansar após o treino?

Ao contrário do que muitos pensam, os músculos não se desenvolvem apenas quando são estimulados.

Desse modo, eles também crescem enquanto estão em repouso. Esse é o processo de hipertrofia. Até mesmo porque é durante o descanso que o corpo reabastece suas reservas de energia.

Ou seja, se você não der aos músculos o tempo do qual ele precisa para se recuperar, ele não estará pronto para as próximas séries de exercícios. 

Nesse caso, é natural que ele pare de responder e o ganho de massa muscular fique estagnado.

Relaxamento e descanso do corpo: como ocorre a recuperação muscular?

Basicamente, os músculos podem se recuperar de forma passiva e ativa. Na passiva, o corpo se recupera no seu próprio ritmo.

Logo, é preciso dar tempo para que ele possa compensar a carga de treino e restaurar as capacidades físicas o mais rápido possível.

Já a recuperação muscular ativa é quando damos um empurrãozinho no processo de restauração. Em outras palavras, é quando utilizamos algumas táticas para estimular o corpo durante o período de relaxamento e descanso.

Quer um exemplo? Usando uma meia de compressão esportiva para auxiliar na recuperação muscular, o aluno vai sentir menos dores e acelerar a regeneração.

Isso porque esse tipo de meia ajuda na eliminação do lactato, uma substância que se acumula no corpo, fazendo os músculos endurecerem e ficarem doloridos. 

E a propósito, sabe qual é a principal vantagem da recuperação ativa? Ele vai poder aumentar a intensidade do treino e melhorar a performance, preservando a saúde.

6 práticas de relaxamento e descanso do corpo para acelerar a recuperação muscular

Descansar o corpo após a prática de atividade física é tão importante quanto fazer exercícios.

Afinal, como dissemos, o relaxamento é fundamental para a reparação, reconstrução e fortalecimento dos músculos.

Enquanto descansa, o organismo se recupera do esforço feito e também se adapta a ele. Nesse sentido, existem algumas técnicas que ajudam o corpo a relaxar, tornando a recuperação muscular após a atividade física mais rápida.

Conheça 6 dessas práticas!

1. Faça alongamentos

Logo após o treino, considere uma sessão de alongamentos. Assim, os músculos começarão a se preparar para a recuperação. Além disso, alongar também ajuda a diminuir a tensão muscular imediatamente após o treino.

Com isso, os músculos não enrijecem e ainda ajuda a relaxar a mente. 

2. Durma bem para o adequado relaxamento e descanso do corpo

Conforme você já deve saber, ter uma boa noite de sono é essencial para o relaxamento e descanso do corpo.

Enquanto a pessoa dorme, ocorre o reparo dos pequenos tecidos musculares. É por isso que é comum ouvirmos falar que é durante o sono que os músculos crescem. Sim, isso é verdade!

Se o treino do aluno costuma ser intenso, o ideal é que ele durma 7 ou 8 horas por noite. Até mesmo porque, dormir menos que isso pode provocar vários efeitos negativos.

Dentre eles, podemos citar a redução do metabolismo, mau humor, enfraquecimento do sistema imunológico e, é claro, uma recuperação muscular mais lenta.

3. Massageie os músculos

A massagem é um método poderoso, que garante o relaxamento e descanso do corpo. Ela é tão poderosa que ajuda na restauração dos músculos lesionados, já que possui ação similar a dos anti-inflamatórios.

Portanto, é indicada após atividades mais desgastantes, que exigem mais esforço. Além disso, a massagem também pode melhorar a circulação sanguínea e eliminar as toxinas que favorecem as lesões.

4. Banho de água fria/morna para relaxar os músculos

O pós-treino sempre pede um banho, não é mesmo?! Esse hábito pode beneficiar e muito o rendimento de quem se exercita, principalmente ao alternar entre uma ducha fria e uma morna.

Isso porque a água gelada impede que os músculos apresentem dor muscular. 

Inicialmente, isso deve ser feito durante 30 ou 40 segundos. Depois é só repetir o processo de 5 a 8 vezes. 

5. Relaxamento e descanso do corpo com banho de gelo

O treino de hoje foi mais puxado do que o normal? O aluno está reclamando de desconfortos e dores musculares? Que tal tentar recuperar os músculos danificados recomendando uma imersão em gelo?

A adoção dessa prática após o treino diminui a circulação sanguínea nos músculos, interrompendo o sangramento interno que ocorre nas lesões.

O gelo ainda possui efeito analgésico, contribuindo para diminuir dores musculares e acelerar a recuperação das pequenas lesões provocadas por exercícios de longa duração.

6. Tenha uma alimentação balanceada 

Durante as atividades físicas é bom consumir alimentos que ajudam o corpo. Afinal, uma alimentação saudável pode combater a fadiga e rigidez muscular. 

Nesse caso, a melhor escolha são alimentos anti-inflamatórios como cereja, mamão, espinafre, maçã, nozes, amêndoas, pimentão ou que contém ômega-3. 

Além disso, uma boa dica é consumir alguma proteína saudável e fontes de carboidratos dentro de uma hora do seu treino.

Assim, o corpo já estará apto a fazer a reconstrução e reposição dos músculos cansados imediatamente.

Conclusão

Por fim, agora que você já conhece a importância do relaxamento do corpo após a atividade física, vale fazermos um lembrete: alerte o aluno sobre o overtraining, isto é, sobre o treino em excesso.

Resumindo, treinar muito e descansar pouco pode levá-lo à perda de condicionamento físico, além de causar muitos outros prejuízos e deixar a recuperação muscular comprometida. 

Portanto, esteja atento quanto a isso e, sempre que possível oriente o seu aluno a manter o equilíbrio entre a prática de exercícios físicos e uma rotina de descanso. 

Já pensou em aprimorar sua carreira com aulas, cursos, livros digitais e muito mais? O CLUBE VOLL é um programa de assinatura para profissionais e estudantes do movimento. Todos os meses você recebe materiais exclusivos e aulas com profissionais renomados.

Um local para aprender sobre Pilates, funcional e movimento (desde prevenção, reabilitação, performance, negócios e até as redes sociais) através de aulas e lives com treinadores VOLL e convidados especiais.

Ficou interessado? Clique aqui e tenha acesso a conteúdos exclusivos!