Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

Atualmente é muito comum encontrar alunos, independente da idade, com algum problema na postura. Principalmente porque estamos passando cada vez mais tempo sentados de maneira inadequada ao utilizar aparelhos eletrônicos, por exemplo e, por isso, antes de uma aula de Treinamento Funcional, a avaliação postural se faz muito importante.

Com ela, será possível encontrar desvios, desequilíbrios e até mesmo limitações que poderão prejudicar o bom desempenho do aluno durante os exercícios, ou seja, a partir de uma boa e completa avaliação postural, aumentam as chances de um planejamento mais efetivo.

Nesta matéria você irá conferir todos os principais detalhes para deixar a sua aula de Treinamento Funcional ainda melhor. Continue lendo!

A importância da avaliação postural

Quantos alunos você já encontrou com algum tipo ou grau de desvio? Pois é, isso não é nada incomum.

Mesmo que esses desvios não atrapalhem a realização dos movimentos, existem aqueles que limitam a capacidade do aluno de forma mais grave. Além disso, muitas vezes nem o próprio aluno sabe que sofre com um desvio e, menos ainda, o quanto isso pode prejudicar seu desempenho em atividades de vida diárias, já que essa condição pode levar desde uma dificuldade de respirar até os processos cardiovasculares.

Como avaliar a postura de um aluno?

O trabalho de avaliação da postura de um aluno não deve ser realizado somente na hora da aula. É fundamental que o instrutor fique atento a detalhes enquanto o aluno está relaxado, sendo eles:

  • Como o aluno se senta?
  • Em que posição está a sua coluna?
  • Em que posição está o seu ombro?
  • Em que posição está o seu quadril?

Outro fator muito importante na avaliação é o diálogo com o aluno, já que, ao conversar sobre a rotina, possíveis dificuldades ou até mesmo se existe alguma dor, será possível traçar um panorama de correção postural.

Diferentes tipos de avaliação postural

Avaliação postural dinâmica

Tendo como um dos objetivo avaliar qualitativamente o comportamento motor e as disfunções posturais que acontecem ao realizar determinado movimento. Demanda de testes específicos que possibilitam analisar:

  • Planos de movimento;
  • Grau de força muscular;
  • Mobilidade global e local;
  • Alongamento;
  • Coordenação;
  • Estabilidade;
  • Assimetrias.

Após analisar todos esses detalhes, será possível definir de forma mais eficaz e assertiva o nível de funcionalidade do aluno.

Outro objetivo da avaliação dinâmica é identificar a falha mais importante na cadeia cinética, já que posturas desequilibradas tendem a ter mais reações compensadoras. É fundamental que inconsistências ou desequilíbrios, sejam da esquerda para a direita ou de anterior para posterior, sejam anotados.

Avaliação postural estática

Tem por objetivo observar alterações que possibilitem a identificação de qualquer assimetria estática. Deve ser realizada com o aluno tanto em pé quanto sentado.

Postura sentada

  • Vistas Anterior e Posterior: sinais de assimetrias entre os lados, como: ombro ou pelve mais alta; descarga desigual nas tuberosidades isquiáticas; inclinação de cabeça ou tronco; etc.
  • Vista Lateral: se há anteriorização ou posteriorização, ou seja, inclinação do tronco para frente ou para trás.

Postura em pé

  • Pés: Cavos ou Planos;
  • Tornozelos: Valgos ou Varos;
  • Joelhos: Valgos ou Varos;
  • Hiperextensão ou em Ligeira Flexão;
  • Quadril: Altura dos Ilíacos, Anteroversão ou Retroversão;
  • Coluna: Escoliose, Hipercifose, Hiperlordose ou Retificação;
  • Cabeça: Protrusão, Inclinação, Rotação.

Conclusão

Uma boa avaliação postural permite que as aulas tenham exercícios que melhorem a qualidade de vida do aluno e não aqueles movimentos que possam acentuar ainda mais os desequilíbrios e as limitações.

Compreenda os princípios anatômicos e biomecânicos, observe aspectos como déficits de simetria na mobilidade e na estabilidade durante os movimentos e se mantenha atento aos padrões de movimento.