Share, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Posted in:

[INFOGRÁFICO] 5 dicas para utilizar o treino funcional suspenso

O Funcional Suspenso nada mais é do que o treinamento realizado apenas com equipamentos e acessórios de suspensão, como por exemplo a fita de suspensão.

Os exercícios presentes no funcional suspenso vão muito além dos “exercícios diferentes” que alguns instrutores usam para deixar a aula interessante. Todos obedecem aos princípios da funcionalidade aos quais o Pilates e o Funcional respondem. Por isso, são amplamente adaptáveis para os mais variados tipos de alunos e aulas.

Para ter esse tipo de treinamento podemos realizar aulas com variadas intensidades e níveis de complexidade. Os exercícios podem ser realizados com parte do corpo em suspensão ou com todo ele suspenso. Que tal conferir algumas dicas para a utilização do Treino Funcional Suspenso? Confira este infográfico que preparamos pra você!

voll-infografico-5-dicas-para-utilizar-o-treino-funcional-suspenso

A intenção do funcional suspenso é adicionar um elemento de instabilidade aos exercícios e melhorar o equilíbrio e a propriocepção. O melhor de tudo, ao utilizar o treinamento suspenso é que existe uma infinidade de exercícios que podemos usar em nossas aulas.

Precisamos entender antes quais são os princípios que regem esses exercícios e os tornam tão interessantes. Você verá que eles são muito parecidos com os do Treinamento Funcional.

Os exercícios de treinamento suspenso são ótimos para trabalhar:

  • Força
  • Flexibilidade
  • Equilíbrio
  • Propriocepção
  • Amplitude de Movimento
  • Capacidade Cardiorrespiratória

Cada exercício geralmente é capaz de trabalhar pelo menos duas ou três dessas habilidades. Para obter um treino completo, basta que o instrutor consiga combinar os exercícios para trabalhar todas as habilidades.

Conclusão

Só preste atenção no quão importante é trabalhar todas essas habilidades durante uma aula que considerada funcional. Todas elas são importantes para um corpo funcional. Não adianta trabalhar só força, por exemplo. A força pode ser importante, mas sem ser combinada a outras habilidades não ajudará no movimento.

Muitos alunos preferem focar em capacidades isoladas como a força para ficarem com o “corpo dos sonhos”.

Mas sabemos que não é a única habilidade necessária para o corpo. Só trabalhando força o aluno acaba perdendo em flexibilidade, agilidade, propriocepção. Portanto, você precisará saber equilibrar sua aula com esses exercícios altamente eficientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *