Share, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Posted in:

Sedentarismo: 7 atos que tornam seu aluno sedentário sem ele perceber

Sempre existem alunos em suas aulas que são sedentários, alguns mais do que outros. Muitas pessoas pensam que, por estarem em forma e com o peso ideal, não estão enquadrados no sedentarismo, mas esse fato nem sempre é verdade.

Entretanto alguns indivíduos praticam pequenos hábitos, que, pouco a pouco, minam suas energias e refletem em seus corpos, provocando sedentarismo.

O sedentarismo é um problema nacional. Quase dois terços dos brasileiros com mais de 15 anos (62,1%) admitiram que não praticaram qualquer esporte ou atividade física em 2015, ano do último levantamento realizado pelo IBGE.

Entretanto, o que poucos sabem é que não precisam praticar um esporte regularmente para afastarem a preguiça e mudarem suas rotinas.

Realizar pequenas tarefas também são eficazes, principalmente para aqueles que desejam entrar em forma.

Trocar o carro por uma caminhada é um bom exemplo. Ou ainda realizar afazeres domésticos que exigem esforço, como pequenos reparos. O mais importante é colocar o corpo em movimento.

Veja #7 pequenos hábitos que colocam  seu aluno  no sedentarismo

1) Sempre que você encontra seu aluno, ele está de carro

“Precisa comprar pão? Vai de carro”. “Ir até à farmácia na esquina? Opta pelo automóvel também”. Se seu aluno vai de carro para todos os lugares, é hora dele rever alguns conceitos.

Pequenos trajetos, de até um quilômetro, podem ser feitos perfeitamente a pé. Uma leve caminhada é uma ótima dica para colocar o corpo em movimento e afastar o sedentarismo.

Portanto, deixar o carro de lado é uma ótima dica para evitar o sedentarismo.

JÁ PENSOU EM SER UM INSTRUTOR DE PILATES?

Baixe esse ebook 100% completo sobre tudo o que você precisa saber para seguir essa carreira!

2) Seu aluno está sempre sonolento e dorme quando tem a oportunidade

Ninguém discute a importância de dormir com qualidade. O problema é fazer disso sua principal atividade de lazer em seus dias de folga.

Qualquer feriado ou fim de semana já é motivo para desperdiçar horas no sofá ou na cama e isso não é ideal. Há outras formas para relaxar o corpo.

Indique uma caminhada em parques públicos, andar de bicicleta ou uma simples reunião com os amigos em uma cafeteria. Essas atividades são suficientes para garantir a mesma sensação de descanso.

3) Só Utiliza o Elevador e Escada Rolante

É uma cena comum em edifícios corporativos. Mesmo aqueles que trabalham nos primeiros andares preferem esperar na fila do elevador ao invés de subir alguns lances de escada – mesmo se chegarem atrasados por conta disso.

Fale para seu aluno trocar, sempre que possível, os elevadores e escadas rolantes pelos degraus das escadas normais. Ele movimentará muito mais sua perna e seus joelhos. A saída do sedentarismo deve começar nos pequenos atos.

4) Evita os Afazeres Domésticos

Pergunte a seu aluno se ele gosta de lavar louça. Ele sempre acumula roupas até criar coragem de lavá-las e passá-las? Limpa a casa uma vez por semana? Saiba que essas atitudes são típicas de pessoas que fogem de atividades físicas.

Realizar as tarefas domésticas com frequência ajuda no combate ao sedentarismo em dois pontos.

Primeiro, cria um senso de planejamento e organização para a realização de tarefas. Depois, demanda esforço físico contínuo que auxilia na queima de calorias.

5) Come o que For Mais Fácil de Preparar ou Pede Comida

O combate à vida sedentária também passa pelo tipo de alimento que seu aluno come. Fale para ele evitar as comidas “fáceis”, normalmente os fast-foods e industrializados. Esses produtos costumam pesar no estômago e inibem atividades físicas.

O ideal é valorizar alimentos e refeições que renovem as energias. Para isso, indique uma nutricionista. O profissional vai identificar as necessidades calóricas diárias e passar uma dieta mais adequada.

6) Esporte só na Televisão

Não adianta ser fã de esportes se seu aluno gosta apenas de assistir as principais competições no sofá de sua casa ou jogar no console do videogame. O organismo também precisa se mexer com alguma modalidade esportiva.

Não se trata, evidentemente, de ser um profissional. Mas jogar futebol com os amigos uma vez por semana, pedalar nos fins de semana, correr, dentre outras atividades, ajudam a manter o corpo em forma e saudável.

7) Não se Incomoda de Ficar Parado no Trabalho

Seu aluno fica oito horas por dia sentado em uma mesa de escritório e não acha isso um problema? Pois, deveria! A falta de movimentação no ambiente de trabalho é uma das principais causas do sedentarismo.

Fale para ele reservar períodos do dia para levantar e realizar alguma atividade – nem que seja uma ida à cozinha para beber água e tomar um cafezinho.

Muitas empresas também disponibilizam programas de saúde laboral para seus funcionários, que podem ser essenciais para combater o sedentarismo.

Conclusão

Fale para seu aluno que ele não precisa ser atleta amador ou malhar na academia para ficar em forma e deixar sua vida sedentária para trás.

Há boas opções dentro e fora de casa para realizar algumas atividades que mexam com os músculos do corpo.

Limpar a casa com frequência, por exemplo, é uma boa opção. Uma caminhada ou corrida no bairro, aproveitar a estrutura de uma academia ao ar livre e encontros com amigos também ajudam a manter uma vida plena e saudável.

Written by Ginast

Ginast

Especializada na fabricação e distribuição de academias ao ar livre e acessórios urbanos, é considerada pioneira no ramo nesse ramo no Brasil, possuindo mais de 15.000 academias ao ar livre espalhadas em território nacional, transformando simples espaços em ambientes que abraçam a população, trazendo consigo bem-estar e qualidade de vida.

1 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *