Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

Montar um treino funcional perfeito pode, a princípio, não parecer uma função muito fácil! É preciso levar em consideração as limitações de cada aluno através de uma anamnese correta.

Se trabalha com TF ou quer mais aprender sobre o assunto, este artigo é pra você! Separamos 5 dicas infalíveis para montar o treino funcional perfeito! Vamos ver quais são?

O que é treinamento funcional?

O exercício funcional se refere a reprodução sistemática de movimentos que possuem alguma função para determinada modalidade esportiva ou tarefa diária do ser humano. Portanto, todo exercício deveria ser funcional. A capacidade funcional é a habilidade para realizar as atividades simples do cotidiano com eficiência, autonomia e independência. Assim, o treinamento funcional entra como uma ferramenta para alcançar esses objetivos.

Ele trabalha o corpo globalmente, tratando de todas as partes do individuo como o um todo simultaneamente, ou seja, em um só exercício.

3 etapas do treinamento funcional

Para montar um treino funcional, precisamos entender que ele consiste em três partes importantes. São elas:

  1. Aquecimento: prepara todos os sistemas para a sessão de treino. Pode ser composto de aquecimento leve; ativação do CORE; alongamento dinâmico e ativação neuromuscular.
  2. Parte principal: um trabalho mais pesado, prevalecendo exercícios que envolvam velocidade, resistência e força. Não esquecendo que muitos exercícios são complexos e trabalham várias qualidades juntas (flexibilidade, coordenação, equilíbrio, velocidade, resistência e força).
  3. Volta a calma: retornar o corpo á situação que se encontrava antes do treino. Inclui exercícios de alongamento, de relaxamento e técnicas básicas de liberação miofascial. A respiração profunda aqui ajuda o organismo a diminuir seu ritmo, otimizando o processo de volta à calma.

Como montar o treino funcional perfeito

dicas-para-montar-o-treino-funcional-perfeito

Conclusão

O Treinamento Funcional não é um bicho de 7 cabeças e, com essas dicas, tudo fica mais fácil! Implementando o TF em suas aulas, o rendimento de seus alunos será maior, sem contar que o retorno financeiro irá aumentar.

Gostou desta matéria? Nos conte nos comentários como você utiliza o treinamento funcional nas suas aulas!

Banner Desconto