Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

Muitos alunos querem fazer o treino HIIT hoje em dia, especialmente depois que boatos sobre ele ajudar na perda de peso surgirem na internet com a ideia de que é ótimo (realmente é) e que vai ajudar a atingir objetivos, muitos começam a praticá-lo sem cuidado, podendo levar até a lesões.

Se quisermos alunos saudáveis e seguros, precisaremos aprender a trabalhar com o treino HIIT com segurança, nesse infográfico separamos 4 passos que devemos seguir para garantir que nossos alunos estão se exercitando da maneira correta. 

Quer aprender melhores maneiras de aplicar o HIIT? Então continue lendo.

4 passos para aplicar o treino HIIT com segurança

4-passos-para-aplicar-o-treino-HIIT-com-segurança 

Aquecimento funcional

Se você procurar protocolos de treino HIIT encontrará vários, e todos eles possuem suas vantagens para cada tipo de aluno. Em geral, eles recomendam entre 5min, 10min ou 15min de aquecimento, mas nunca falam exatamente o que fazer para o aquecimento.

Pense bem: o aquecimento tem a intenção de preparar o corpo para a atividade seguinte, que no caso é um treino bastante intenso. 

Será que seu aluno estará preparado com 5 minutos de alongamentos leves? Certamente não. 

Precisamos trabalhar com um aquecimento que se encaixa com o treino posterior. Trabalhe bem as principais articulações que serão mais usadas no treino HIIT para que o treino seja seguro.

Período de preparação

Seu aluno era sedentário até começar a fazer o treinamento funcional? Então fique atento: ele ainda não está inteiramente preparado para praticar algo tão intenso como o treino HIIT. 

Se quisermos realmente garantir sua segurança ele precisará passar por um período preparatório. Para isso você pode usar treinos que aumentem gradualmente de intensidade e dificuldade.

Período de descanso

Tem alunos que são um pouco apressados para alcançar seus objetivos e querem fazer aulas diárias ou até mais de uma por dia. 

É sempre importante lembrar para os alunos sobre a importância do período de descanso do aluno que ajuda o corpo a se recuperar e se preparar para mais exercícios intensos.

Correções dos exercícios

Sabe o momento em que o aluno mais compensa no exercício? Quando ele está perto do ponto de fadiga, e é exatamente isso que alcançamos com o treino HIIT. 

Um aluno extremamente cansado não presta atenção em seu movimento e faz tudo de qualquer jeito. Nessa hora ele estará se expondo a um alto risco de lesões, a não ser que tenha um bom instrutor que o acompanhe e corrija.

Tente corrigir sempre que possível os erros de movimento que seu aluno apresenta durante o exercício, mesmo que isso signifique diminuir um pouquinho o ritmo.

Conclusão

Os praticantes do treinamento funcional sabem: treino HIIT é ótimo e ajuda a alcançar diversos objetivos. Porém isso só será possível se nosso aluno não se lesionar ou desistir durante a prática. 

Por isso, use esses 4 passos para garantir a segurança do seu aluno e que ele consiga realizar um treino realmente eficiente.