Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

Usar o treino com fita de suspensão pode ser uma grande adição para suas aulas. Imaginamos que você já ouviu falar sobre esse equipamento, especialmente se segue esse blog com frequência.

A fita é um equipamento com duas alças suspensas na qual o usuário coloca os membros superiores ou inferiores. Os exercícios realizados nesse equipamento fornecem diversas vantagens. Quer entender? Então continue lendo!

O que é treino suspenso?

O termo treino suspenso traz à mente a imagem de pessoas se pendurando no teto e fazendo acrobacias ousadas. Na verdade, não é nada tão emocionante ou perigoso assim.

Treinamento suspenso é uma sessão ou aula feita utilizando equipamentos para suspensão. Alguns exemplos são a fita de suspensão, Columpio e Columpio Wall.

Neste artigo, falaremos a respeito do treino com fita de suspensão em especial. Por isso, focarei nos seus benefícios e utilização durante a aula.

Alguns profissionais consideram o treinamento suspenso como algo “legal” ou lúdico para deixar a aula mais interessante. Apesar de ser verdade que alunos ficam bastante motivados ao realizar um exercício mais desafiador num acessório diferente, esse não é seu único objetivo.

Os movimentos usados nesse tipo de treinamento são criados para obedecer os princípios da funcionalidade. Ou seja, eles são transferíveis, trabalham o corpo de maneira global e sempre são feitos ativando o Core.

Por causa dessa funcionalidade, conseguimos utilizá-los também em aulas de Pilates e Funcional, mesmo que elas não sejam exclusivamente suspensas.

Aulas de treinamento suspenso têm intensidades e complexidades variadas e também podem ser adaptadas para diversos tipos de aluno. Dependendo do equipamento que você está utilizando é possível deixar o corpo parcialmente suspenso ou completamente suspenso.

Mas, por que os exercícios são feitos em acessórios para a suspensão? É simples, quando parte do corpo está fora do chão você enfrenta o elemento da instabilidade. E isso é ótimo para nossos treinamentos.

Benefícios do treino com fita de suspensão

Um estudo com adultos jovens e de meia idade comprovou que treino com fita de suspensão gerou respostas cardiovasculares bastante positivas.

O treino proporciona atividade o suficiente para manter níveis adequados de atividade cardiorrespiratória e até melhorá-los. Portanto, esse tipo de treinamento suspenso é ótimo para melhorar capacidades de alunos sedentários ou praticantes de atividades físicas.

Além disso, o uso de fitas de suspensão no treinamento auxilia a melhorar a força muscular dos praticantes. Assim, conseguimos realizar um ótimo treino preparatório para atletas e até para prevenir lesões. As estruturas do Core são especialmente beneficiadas pelo uso da instabilidade.

Quando numa superfície instável, o corpo é forçado a utilizar a força de musculaturas abdominais para estabilizar o tronco. Sem essa resposta seria impossível realizar os movimentos que o exercício exige (por isso o fortalecimento dessas musculaturas).

Outro estudo mostrou que a ativação de musculaturas do Core é comparável àquela adquirida durante o treinamento funcional tradicional. Em alguns momentos o treino com fita de suspensão não só é tão eficiente quanto o TF, como até o ultrapassa. A ativação de musculaturas estabilizadoras da coluna lombar, por exemplo, pode ser ainda mais aproveitada quando utilizá-la a instabilidade da fita de suspensão.

Quem trabalha com adultos de meia idade ou idosos consegue mais um benefício importante: maior flexibilidade e mobilidade. Através do uso do equipamento, esses indivíduos conseguem aumentar a amplitude de movimento de forma segura.

No agachamento, por exemplo, a fita serve de apoio e diminui o medo de queda. Muitos idosos ou pessoas com menor mobilidade têm medo de agachar mais profundo por falta de equilíbrio. Usando a fita esse medo desaparece e eles conseguem trabalhar melhor a mobilidade do quadril e tornozelos.

Quem pode praticar treino com fita de suspensão?

Se você chegou até esse ponto do artigo já deve estar quase convencido a usar o treino com fita de suspensão. Mas nesse momento surge uma dúvida importante: será que esse tipo de atividade é adequada para meu aluno?

A pergunta é válida e importante. Qualquer profissional do movimento precisa considerar a segurança do aluno acima de qualquer coisa.

Considerando que a fita de suspensão foi criada por um militar americano para garantir treinamentos intensos e funcionais, talvez ela não seja tão boa para alunos idosos, lesionados ou iniciantes.

É aí que você se engana! O treino com fita de suspensão é bom para todos, inclusive idosos e alunos lesionados conseguem realizar os exercícios. A instabilidade não é um risco para esse público, mas sim um benefício.

Estudos mostram que usar um protocolo de treinamento com fita de suspensão ajuda idosos a melhorar sua independência e equilíbrio. O fortalecimento de Core proporcionado pelo equipamento auxilia nossos pacientes a sentirem melhora em dores lombares. O treino também melhora o equilíbrio e diminui a chance de quedas nos indivíduos da terceira idade.

Para conseguir utilizar a fita de suspensão de forma eficiente você precisa conhecer o equipamento. A fita proporciona opções para quem é mais avançado nas atividades físicas e para iniciantes ou pessoas com limitações. O mesmo exercício pode ser leve e simples de realizar ou extremamente difícil e intenso. Tudo depende da posição do usuário em relação à fita.

Exercícios

Gostou da ideia de utilizar o treino com fita de suspensão nas suas aulas? Vou te dar mais uma dica: existem diversos exercícios que podemos utilizar. Confira algumas sugestões:

Afundo na Bola

Segurando na fita de suspensão realize o movimento de afundo empurrando a bola para trás. Volte na posição inicial e repita quantas vezes achar necessário.

Moinho

Segure as duas fitas de suspensão com uma das mãos. A perna do lado que a mão está segurando a fita vai flexionar, enquanto a outra se matem reta.

Depois rotacione o tronco levando a mão para cima. A mão que está segurando a fita de suspensão vai para frente durante o movimento. Volte a posição inicial para começar novamente.

Single Leg

Posição inicial com o tronco elevado e pernas flexionadas, segurando com as duas mãos a fita de suspensão.

Nesse exercício alterne as pernas, flexione uma e estique para frente outra, e vá revezando. Ressaltando que é importante estar flexionando o tronco para ativar a musculatura. Depois volte a posição inicial.

Quando adotar o treinamento suspenso?

Utilize o treino com fita de suspensão sempre que quiser! Os treinos conseguem beneficiar as habilidades do seu aluno em todos os sentidos, incluindo:

  • Condicionamento cardiorrespiratório;
  • Mobilidade;
  • Flexibilidade;
  • Força muscular.

Assim como outros tipos de atividade física, sua prática ajuda o aluno a prevenir doenças crônicas e problemas relacionados ao sedentarismo. Considerando que a atividade é bastante desafiadora e diferente, a motivação do indivíduo também melhora quando o treino é utilizado junto do funcional.

Quer aprender ainda mais sobre a fita de suspensão e o treinamento suspenso? Temos a oportunidade ideal para você. Conheça o Suspension, da VOLL Pilates Group. Nesse curso você aprende a utilizar o Columpio, Columpio Wall e a fita de suspensão para deixar seus treinamentos mais eficientes e completos. São mais de 140 exercícios nesses equipamentos para você utilizar. Vai perder?