Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

Sabe um problema que todos nós enfrentamos em alguma fase da vida profissional ou pessoal? Dor no joelho. Provavelmente você tem um aluno ou paciente que sofre desse problema. Se ainda não tem pode esperar, esse aluno logo vai aparecer, e você terá que reabilitar dor no joelho dele.

Problemas no joelho são extremamente comuns para nós que trabalhamos com movimento. Isso acontece porque essa articulação é muito móvel e geralmente compensa pela falta de mobilidade do quadril ou tornozelo.

Assim suas estruturas ficam sobrecarregadas, o que pode gerar uma lesão. para aprender como a reabilitar dor no joelho e tratar seus alunos, continue lendo!

Reabilitar dor no joelho

Antes de qualquer instrução, é importante lembrar que a reabilitação não é uma receita de bolo. Cada aluno seu possui um corpo diferente que sofre de desequilíbrios diferentes. O que quer dizer que o tratamento será único para cada um.

Talvez você trate dois pacientes de maneiras bem parecidas, porém nunca será a mesma coisa. Então use essas informações como um guia que te auxilia para atender seus alunos.

Falando em linhas gerais (sem considerar as especificidades de cada corpo), podemos dizer que um tratamento para dor no joelho inclui:

  • Proteção das estruturas que sofreram lesão;
  • Melhora no condicionamento cardiorrespiratório;
  • Recuperação da amplitude dos movimentos;
  • Fortalecimento muscular para prevenir a atrofia;
  • Melhora nas funções proprioceptivas;
  • Retorno gradual às atividades;
  • Retorno ao esporte e trabalho.

Também devemos deixar claro que evitar o movimento é problemático para qualquer aluno. Muitos médicos indicam um período de repouso quando a pessoa se lesiona, o que realmente diminui a dor. Porém assim que o indivíduo voltar a se mover ele sentirá dor, forçando-o a evitar o movimento.

Não queremos isso, pelo contrário. Nosso trabalho deve estar focado na recuperação dos movimentos funcionais do aluno para que ele tenha uma vida de qualidade.

Considerando todas essas informações, podemos dividir o tratamento da dor no joelho em 5 fases básicas. Confira todas elas detalhadamente no infográfico abaixo que preparamos especialmente para vocês!

5-fases-dor-no-joelho

Conclusão

Seguindo essas 5 fases você conseguirá montar um programa de reabilitação eficiente para seu aluno. Lembrando que as fases podem variar de acordo com as características individuais de cada um.

Gostou dessa matéria? Então continue acompanhando o blog e deixe suas sugestões, dúvidas e curiosidades nos comentários!