Share, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Posted in:

17 Dicas Para Empreender na Sua Carreira de Personal Trainer

personal trainer

Há tempos a educação física deixou de atuar apenas no âmbito escolar, passou a interagir em todos os processos de educação, aumentando sua abrangência social.

Com a crescente longevidade do ser humano, a educação física passou a atuar em outros campos para inserir as pessoas num contexto de qualidade de vida e saúde.

Assim, surgiu uma nova perspectiva na qual o profissional de educação física foi desafiado a desenvolver habilidades e competências no esporte, na saúde, no lazer e no meio ambiente de maneira interdisciplinar.

Neste aspecto interdisciplinar, surgiu a figura do personal trainer que se perpetua até hoje. Para isso, há a necessidade constante de aprimoramento por parte do profissional, acompanhamento das novidades e principalmente engajamento com os objetivos das pessoas que tem como cliente/aluno.

O Que é Personal Trainer?

personal trainer

Nos dias atuais, além da busca por um corpo mais bonito, as pessoas almejam um estilo de vida mais saudável, com a mudança de hábitos de vida e de alimentação.

Sendo assim, essas pessoas passaram a procurar academias e/ou lugares que ofereçam uma prática sistemática de exercícios. Além disso, passaram a exigir um atendimento de qualidade e direcionado aos seus objetivos.

Nesse contexto, aparece o personal trainer com o objetivo de avaliar, organizar, prescrever e orientar a prática de atividades físicas estruturadas com base em princípios do treinamento desportivo, da biomecânica e da fisiologia do exercício. E, juntamente com esses princípios hoje está mais evidente o parâmetro psicológico influenciando o treinamento que deverá ser individualizado ou para grupos especiais.

As principais características deste profissional são:

  • Ética;
  • Profissionalismo;
  • Conhecimento técnico e científico;
  • Curiosidade em estar sempre procurando conhecimento.

 Carreira

Deve ser construída com bases sólidas, ou seja, o profissional pode durante a sua formação acadêmica buscar vivências em academias, clubes, entre outros. Com diversas modalidades e frente a clientes heterogêneos, o aprendizado será mais completo e o profissional estará preparado para atender diferentes tipos de alunos com suas particularides. Não havendo essa possibilidade, deve acompanhar o trabalho de outros profissionais e estudar os nichos de mercado para saber que público e linha de trabalho que almeja.

Desde os anos 90, a carreira de personal deu um salto, começou a ganhar destaque desde que atrizes famosas buscaram esses profissionais para desenvolver seu treinamento. Hoje continua em voga, pois as pessoas além de buscarem qualidade de vida, buscam profissionais competentes, com boa formação, atenção e que colaborem da melhor maneira possível para hábitos de vida saudável. O personal trainer, é uma figura fundamental já que prescreve um treinamento direcionado ao objetivo que a pessoa busca.

A remuneração varia conforme estado/cidade onde atua.

 Dificuldades na carreira

Talvez a maior dificuldade esteja na obrigatoriedade do personal trabalhar na sua divulgação, como atender seu cliente, na venda de seus serviços, na administração financeira de seu negócio e na área operacional já que ele é visto como uma empresa de uma pessoa só. E em uma empresa cada uma dessas atribuições é de competência de um setor.

Assim ele tem que conquistar e manter seus clientes satisfeitos explorando muitas vezes ferramentas que fogem ao domínio do profissional de educação física como marketing pessoal, técnicas de atendimento e estratégias de venda, por exemplo.

Mercado do Personal Trainer

mercado-de-trabalho

É um mercado que está sempre em crescente expansão.

Pelo fato de muitas pessoas não terem horário fixo para praticar atividades físicas bem como o tempo para se deslocarem até um determinado local o personal trainer é procurado para trabalhar com este público, residência ou locais próximos dos mesmos para praticar exercícios, mas de forma segura com acompanhamento profissional.

Em academias, lugar mais comum e procurado, o personal trainer tem a opção de trabalhar de duas maneiras com seu público alvo: individualmente ou em grupos reduzidos.

Nos clubes a estrutura oferecida para praticar atividades físicas é muito parecida com as academias, e em alguns casos, melhor. Mas a disponibilidade é para associados.

Em parque, ruas e condomínios também se trabalha ou de forma individualizado ou grupo reduzido. Nesse caso, geralmente, o personal trainer deve levar parte de seus equipamentos e utilizar o espaço físico e estrutural oferecido.

Quando ministrar aulas na residência dos clientes, o personal trainer deve possuir um equipamento que possa levar e também recomendar ao cliente que adquira, aos poucos, o material mínimo para a realização das atividades propostas em sua casa. Alguns clientes têm condições financeiras para montar verdadeiras academias dentro de casa, o que facilita o trabalho do personal.

Em relação ao local de trabalho, hoje muitas empresas aderem a realização de programas de atividade física para seus funcionários. Algumas montam espaços de treinamento, nos quais os funcionários praticam seus exercícios em horários fora do expediente, muitas vezes contratando um profissional de educação física para trabalhar com personal ou individual ou grupo reduzido. Outras empresas oferecem aos seus funcionários a atividade laboral, dentro do expediente. Essa atividade é dirigida pelo personal trainer em função dos cargos exercidos pelos funcionários e os aspectos funcionais e motores desses cargos.

 Habilidades e Competências Exigidas

Os profissionais que atuam como personal trainer devem dominar conhecimentos de áreas distintas. Se necessário, disponha de uma equipe multidisciplinar para oferecer um melhor atendimento a seus clientes.

 Exigências Legais Para Ser Um Personal Trainer

O profissional que quer atuar na prescrição de atividades físicas deve estar devidamente registrado junto ao CREF- Conselho regional de educação física de sua região. Para isso já deve ter concluído ou estar em fase de conclusão do curso superior em Educação Física.

Só para lembrar, que tudo que entra no Brasil como área fitness é de competência do professor de educação física.

Com o seu registro devidamente em dia, o profissional pode atuar sendo contratado por academias e clubes, por exemplo. Ou poderá atuar como autônomo ou hoje se tem a possibilidade de ser empreendedor individual. Para atuar como MEI (microempreendedor individual) pode procurar uma unidade do SEBRAE ou a prefeitura da sua cidade para se informar e também acessar o site www.portaldoempreendedor.gov.br.

 Investimentos do Personal Trainer

Após investir tempo e dinheiro na formação acadêmica é a vez de investir em conhecimentos específicos para engrenar na carreira. Existem cursos de pós-graduação na área, cursos de finais de semana nos quais o profissional pode adquirir bases para seu trabalho.

Além disso, deve investir em materiais para promover o treinamento. Um computador e outros materiais básicos como colchonete, halteres, caneleiras e bola de exercício já dão condições para trabalhar. Até mesmo porque o trabalho não depende tanto do material, mas do conhecimento do profissional em relação ás possibilidades de trabalho com o que se tem disponível.

Também, deve investir na divulgação do seu trabalho. A partir daí o próprio cliente faz a divulgação. E outro fator que influencia são as redes sócias, portanto, ter acesso a internet hoje é fundamental tanto para essa finalidade quanto acompanhar a evolução do mercado, o que surge de novo e o que as pessoas procuram.

Personal Trainer na Academia

personal trainer

Muitas academias são especializadas e oferecem apenas esse tipo de serviço tendo os personais como profissionais contratados. Outras terceirizam o serviço cobrando uma taxa pelo uso do espaço.

 Vantagens

  • Atenção o tempo todo e a chance quase nula de se fazer o exercício errado;
  • Exercícios prescritos com mais segurança, pois o personal prescreve o treinamento a partir de todo o histórico do cliente com uma avaliação mais profunda. Ideal para portadores de alguma patologia;
  • Disponibilidade de diversos materiais que não podem ser deslocados como os aparelhos de musculação;
  • Muitas pessoas desistem de malhar antes de completar um ano. O personal é um grande motivador, personaliza o treinamento e maximiza resultados;
  • Possibilidade de variação das modalidades e exercícios.

 Desvantagens

  • Serviço um pouco mais caro, pois além do valor do personal deve ser pago o valor da mensalidade da academia;
  • Num horário movimentado acaba-se disputando aparelho com clientes comuns e criando um clima ruim;
  • Quando se escolhe malhar, no caso da musculação, na maioria das academias o horário é livre. Contratando um personal tem que haver uma rotina devido ao profissional ter outros horários preenchidos;

Atividades Desenvolvidas Pelo Personal Trainer

A característica principal do personal trainer é o serviço individualizado, mas nada impede que dê aula para duas ou mais pessoas. Mas tem que ser um número limitado, pois a prescrição do treinamento deve ser individualizada mesmo no grupo.

Portanto, o profissional deve ter ciência da sua capacidade de prescrever e orientar um treino se necessário para mais de uma pessoa. A isso muitos chamam de semi-personal e, geralmente, são no máximo em número de três a quatro pessoas.

Essa variação se dá pelo fato de pessoas da mesma família como casais, pai e filho (a), etc. ou amigos (as) quererem malhar juntos e com o mesmo professor dando assistência. Cabe ao professor ter um bom conhecimento e uma didática para trabalhar com essa forma de aula sem perder as características do treino individual.

Assim poderá trabalhar com atividades conforme a necessidade dos seus clientes que poderão ser na área de condicionamento físico, estética, reabilitação mais especificamente podemos citar atividades como musculação, pilates, corrida, fitness, reabilitação muscular, etc. Por esses motivos atua de forma autônoma, em locais variados ministrando e supervisionando treinamentos de acordo com as necessidades de cada aluno quer em academias, clubes ou locais públicos.

Lembrando que o personal trainer não pode prescrever ou orientar dietas, indicar e prescrever suplementos alimentares, nem tratar de lesões, a menos que tenha graduação em nutrição (para prescrever dietas e suplementos) ou fisioterapia (para tratar de lesões). Portanto, há uma necessidade de trabalhar em conjunto com outros profissionais.

Como Montar Um Treino Para Seu Aluno

Plano de Treino

Para prescrever as atividades físicas é preciso conhecer as condições de saúde e o estado geral do cliente. Os níveis de condicionamento físico inicial, idade, sexo, percentual de gordura, motivação, disponibilidade e objetivos são fatores determinantes para uma prescrição individualizada.

É necessário saber qual a finalidade do treinamento, que pode ser relacionada ao aumento da capacidade aeróbica, redução da gordura corporal, aumento da força muscular, aumento da massa muscular magra, redução do estresse, correção postural, aumento da amplitude articular, redução dos fatores de risco para doenças coronarianas e prevenção de doenças crônicas.

Assim, é importante:

  • Ter uma anamnese com todo o histórico do cliente;
  • Se possível, recomendar uma avaliação com um médico do esporte;
  • Fazer uma avaliação física estática e dinâmica;
  • É bom bater fotos no início do programa;
  • Prescrever o treinamento segundo o objetivo adaptando a rotina do aluno e sendo flexível a ela;
  • Definir dias e horários dos treinos, como exemplo: qualidade de vida – mínimo 3 dias; hipertrofia – 4 a 6 dias; emagrecimento – 3 a 5 dias;
  • Periodizar o treinamento a curto, médio e longo prazo;
  • Estabelecer os princípios do treinamento desportivo: volume, intensidade, duração, etc. específicos para cada modalidade;
  • Escolha dos exercícios (aeróbicos, resistidos, alongamento), ordem que serão executados, frequência, intervalo entre exercícios, tempo de treino, método utilizado e a ordem das sessões de treinamento (dentro do contexto da periodização).

 Principais Erros na Hora de Montar um Treino

  • O principal erro é não avaliar. Sem essa ferramenta, não se tem parâmetros para um ponto de partida de treinamento;
  • Não estabelecer objetivos a serem alcançados mutuamente a curto, a médio e a longo prazo;
  • Incorporar a ansiedade que muitos alunos tem de evoluir rapidamente. A evolução deve ser lenta, segura e progressiva;
  • Não encontrar um equilíbrio entre intensidade, volume e boa execução.

Dicas Para Empreender na Sua Carreira

  • Reaprendizagem e reciclagem constantes: as mudanças e evolução da ciência obriga o profissional a estar sempre atualizado;
  • Estar preparado para a concorrência;
  • Negociação: o profissional deve buscar um clima de confiança com o cliente para fazer um bom negócio para ambas às partes;
  • Atendimento ao cliente é o que diferencia um profissional do outro;
  • A imagem do profissional conta muito. Não há necessidade de ter o corpo magérrimo, mas com uma apresentação saudável;
  • Ser autêntico. Nada melhor que ser você mesmo. Cada profissional tem uma forma particular de apresentar seu serviço. Não tente imitar outros profissionais;
  • Mostrar sinceridade sempre. Se não sabe a respeito de algum tema, diga ao seu cliente que vai procurar averiguar. O cliente abandonará seus serviços se perceber que está enrolando;
  • Procure criar, programar, modificar a rotina da aula. Sempre em sintonia com os desejos do cliente;
  • Aprenda com os erros: as pessoas que dão certo não escapam de cometer erros. Eles acontecem o tempo inteiro e são importantes para lidarmos com as mudanças;
  • Manter-se ativo fisicamente. Estudos sugerem uma correlação muito forte entre condição física e estado de alerta. Portanto, planejar uma rotina de exercícios pessoais faz bem e o aluno se espelha no professor;
  • Saber comunicar-se com os clientes, ouvir suas sugestões, o que acham do local que praticam os exercícios, etc. Um feedback aumenta sua confiança no seu trabalho;
  • Descubra porque seus alunos escolheram você, isso é uma chave para seu sucesso;
  • Fidelize seu aluno sendo um relações públicas, ou seja, telefone no dia do aniversário de seu aluno, envie cartões nas datas festivas, envie copias de reportagem que destacam o tipo de trabalho que você está realizando com ele ou de revistas e jornais que você por ventura for entrevistado. Mantenha-o sempre informado sobre o progresso de seus exercícios. Isso é uma poderosa ferramenta de marketing;
  • Coloque-se na situação do cliente: Como você se sente fazendo a aula que dá para seu aluno? Se possível filme a aula e pense se o aluno teve motivação adequada. Assim estará aprimorando sua técnica;
  • Mantenha uma relação de amizade com seu cliente/aluno, crie vínculos. Mas lembre-se: amizade, amizade, negócios a parte. Se ele perceber que não está tendo resultados com você como profissional, não pensará duas vezes para deixá-lo;
  • Pontos que podem destruir sua carreira: dúvida- quando você começa a duvidar da sua capacidade, do seu serviço, seu negócio está comprometido; desânimo- o baixo astral é contagiante; despreparo- a informação vale ouro, conheça o máximo possível da ciência da atividade física, estude e acompanhe os novos programas de personal training que surgirem no mercado; desprezo- jamais despreze seu concorrente, não se considere melhor, isso será o início de sua derrota;
  • Lembre-se: você é uma empresa que vende serviços de aptidão física. E tem como objetivo conquistar o cliente e satisfazer o desejo dele a fim de mantê-lo fiel a você. Por isso, trate a sua empresa com amor, dedicação e respeito. Cuide-se!

Conclusão

personal trainer

Essa crescente busca por qualidade de vida das pessoas faz com que os profissionais da área se especializassem e buscassem alternativas de qualificar seus atendimentos.

O personal trainer antes de tudo é responsável por cuidar do corpo e da saúde do cliente como um todo. Ele é capaz de cria um treino e moldá-lo de acordo com as condições e metas do aluno.

As vantagens de ter um personal trainer para prescrever e acompanhar o treinamento se sobressai em importância sobre as desvantagens, principalmente porque o trabalho é exclusivo para cada pessoa.

O personal tem formação e competência para fazer um trabalho de prevenção de doenças e resgaste individual da saúde física e mental. Portanto, sendo um bom profissional e encarando com seriedade este trabalho, o professor de educação física é alguém em quem o cliente pode confiar seu corpo e vida.

Felizmente, hoje, as pessoas enxergam o exercício não só como um caminho para a beleza física, mas principalmente, como uma porta para a saúde e longevidade.

Assim, o mercado de trabalho continua sendo promissor. Para saber empreender é preciso antes de tudo ser humilde e ter em mente que nunca sabe tudo. Além disso, é necessário estar em constante aprendizado e acompanhando as mudanças.

Referências
http://www.educacaofisica.com.br/fitness2/personal-training2/como-ser-um-personal-trainer-qualificado/
http://www.educacaofisica.com.br/fitness2/personal-training2/porque-investir-na-carreira-de-personal-trainer/
http://www.informaluiz.net/conheca-os-desafios-e-tendencias-da-carreira-de-personal-trainer/
http://www.copacabanarunners.net/personal-trainer.html
Livro: Personal training e condicionamento físico em academia. Jeferson Novaes. 2003.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *