Share, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Posted in:

Exercícios Funcionais: Inclua acessórios e potencialize seus treinos!

Por mais antigo que sejam, os exercícios funcionais hoje estão difundidos pelo mundo todo, proporcionando melhora e qualidade de vida para todos aqueles que utilizam esse método como atividade física. Mas você sabia que esses exercícios podem ser realizados com o auxílio de acessórios.

Assim como em outros Métodos, os acessórios são uma maneira de ampliar o repertório de exercícios dento do treinamento funcional, colaborando para u melhor desempenho do aluno.

Por isso, preparamos este texto para que você possa saber o que é o treinamento funcional, como os acessórios auxiliam para esse método e ainda algumas dicas de exercícios que podem ser realizados com a junção dos dois. Confira a seguir!

O Que são os Exercícios Funcionais?

Quando falamos em exercícios funcionais, logo vem em mente todo movimento que o corpo produz. Apesar de podermos dizer que esta suposição está correta, o exercício funcional em si, se refere a reprodução sistemática de movimentos que possuem alguma função para determinada modalidade esportiva ou tarefa diária do ser humano.

A capacidade funcional, é a habilidade para realizar as atividades simples do cotidiano com eficiência, autonomia e independência. Assim, o treinamento funcional entra como uma ferramenta para alcançar esses objetivos.

Quando uma pessoa realiza exercícios funcionais, os treinos que utilizam aparelhos são deixados de lado, deixando de trabalhar os músculos de forma isolada e com movimentos mecânicos, exigindo que todas as partes do corpo trabalhem conjuntamente.

Assim como toda atividade física, recomenda-se realizar os exercícios funcionais no mínimo três vezes por semana, mas nada impede que seja realizado todos os dias, o que tornaria sua prática mais efetiva.

Em 30 minutos de exercícios podemos fazer um treino dinâmico e de alta intensidade, promovendo ganhos biomotores ótimos. Até porque, 10 minutos de atividade já seriam suficientes para resultar em um corpo saudável e definido já que após a atividade, o corpo continua queimando gordura e acelerando metabolismo por até 48 horas.

Maiores benefícios dos exercícios funcionais

Os exercícios funcionais, por trabalharem o corpo como um todo, promovem diversos benefícios corporais no ser humano.

Um dos maiores benefícios dos exercícios funcionais, é o ganho de força, isso pois através dos movimentos que são realizados com o peso do próprio corpo, o praticante passa a ganhar tônus muscular, adquirindo então uma boa forma física.

Outro grande benefício é o ganho de equilíbrio e estabilidade corporal, onde uma vez que o treinamento funcional simula movimentos do cotidiano, o praticante passa a realizar esses movimentos com mais precisão e autonomia.

Além dos benefícios citados acima, o treinamento funcional também colabora para a melhora da postura e consciência corporal. Isso pois os exercícios exigem que o corpo realize uma posição correta para que o movimento seja feito corretamente. Desta Forma, além do aluno desenvolver uma boa postura ele ganha consciência do que é ou não correto para seu corpo.

Utilização de acessórios nos exercícios funcionais

Muitos dos exercícios utilizam o peso do próprio corpo, o que garante uma aproximação maior com os movimentos executados no dia a dia. Mas podemos utilizar acessórios como:

  • Bola suíça;
  • Cinto de tração;
  • Medicine Ball
  • Bosu;
  • Mini Trampolim;
  • Faixa elástica;
  • Cones;
  • Escada de agilidade;
  • Amilhas e halteres;
  • Cordas.

Além desses citados acima, podemos utilizar também outros tipos de acessórios como cabos, pesos, entre outros. Porém, os exercícios na maioria das vezes são realizados com o peso e a força do próprio corpo e é aplicado de acordo com a individualidade de cada pessoa.

Quanto utilizados nos exercícios funcionais, os acessórios auxiliam tanto para dificultar o movimento, quanto para facilitar servindo como apoio ao praticante,

Os treinos costumam ser motivacionais, fazendo com que o aluno se dedique e se esforce para alcançar os objetivos. Isso é uma das vantagens do treinamento funcional, onde temos que pensar nos movimentos a serem executados e não em músculos isolados e materiais a serem utilizados. Esses dois últimos vêm como uma consequência do primeiro.

Exercícios Funcionais com acessórios

Agora que você conheceu um pouquinho sobre os exercícios funcionais com acessórios. Confira agora alguns exemplos que podem ser praticados durante as aulas:

Exercícios com o Medicine Ball

1- Agachamento Frontal: Medicine Ball Próximo ao corpo

2- Flexão na Medicine Ball

3- Afundo Diagonal

4- Equilíbrio e Atuvação de Glúteo Médio

Exercícios com o Balance Pad

5- Prancha 4 Apoios: Variação

6- Double Leg Stretch

7- Prancha Lateral

Exercícios com o Rolo

8- Abdominal e Equilíbrio

9- Mobilidade Escapular e Alongamento de Peitoral

10- Ponte Dinâmica com Extensão e flexão de Joelhos

11- Extensão no Rolo

12- Climber Adptado

Exercícios com o Mini Band

13- Fortalecimento do Psoas

14- Agachamento com a Bola e Mini band

15- Prancha Dinâmica com Abdução de MMSS

16- Criss Cross

Exercícios com o Super Band

17- Terra

18- Mobilidade de Quadril

19- Prancha 6 Apoios: Variação

20- Mobilidade de Tornozelo

Conclusão

O treinamento funcional é um ótimo aliado à otimização dos movimentos, promovendo força, equilíbrio, estabilização e consciência corporal, além de uma melhora constante da postura.

Podemos auferir que um dos maiores ganhos do treinamento funcional é a otimização dos movimentos. Onde as atividades mesclam muitas capacidades físicas de uma vez só. Juntar força, flexibilidade, sistema cardiorrespiratório, coordenação, equilíbrio, entre outras é essencial.

A grande diferença dessa modalidade é que ela visa a melhoria do movimento como um todo, e não apenas do músculo. Por isso envolve movimentos integrados em múltiplos planos, que incluem aceleração, estabilização e desaceleração. Com o objetivo de melhorar a eficiência do sistema neuromuscular em atividades específicas, sejam elas desportivas ou diárias.

Em comparação com outras modalidades o treinamento funcional se torna mais dinâmico e prático, já que não depende de acessórios e muito menos de máquinas para ser desempenhado. E quando utilizamos alguns itens, podemos adaptá-los ao local de pratica. Além disso, esses acessórios podem colaborar para o aumento das possibilidades de movimentos.

Mas como todo exercício, neste tipo de treino tanto o professor como o aluno têm que atentar para os riscos de lesões, já que os movimentos são realizados de forma solta. Assim, temos que buscar a execução da forma mais correta possível e com consciência do movimento.

Além disso, com a execução correta, os resultados almejados vêm com mais rapidez, já que estão ligados ao desempenho de quem pratica. Por isso, o profissional tem que entender o que está promovendo para o aluno, uma potencialização de seus resultados. Além de corrigindo, quando necessário, tornando o treino agradável, mas adequado aos objetivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *